Parkitect

By on on Reviews, 2 More

Parkitect – O sucessor espirtitual do RollerCoaster Tycoon 2

O mais novo simulador de parque de diversões, desenvolvido pela Texel Raptor, tem gráficos simples, porém muito bem trabalhados e bonitos, a ponto de dar um toque de charme no jogo, além de possuir a jogabilidade e a diversão já conhecida nos clássicos RCTs desenvolvidos por Chris Sawyer, e ao mesmo tempo é cativante e promete segurar os fãs do gênero por um bom tempo no PC.

O jogo apresenta três opções para se jogar: o modo campanha, onde o jogador terá que desenvolver parques em cenários diferentes, devendo cumprir os objetivos estipulados pelo game. A cada fase completada, são desbloqueadas novas fases, de forma que lembra um pouco o estilo dos jogos mobile de progressão nas fases; o modo “play game”, estilo sandbox, onde pode-se definir todo o modo de jogo, escolhendo os cenários já existentes no PC e definindo se haverá pesquisa de novos brinquedos e temas, objetivos a serem cumpridos e se o dinheiro será problema ou não, ou seja, podendo desabilitar os custos de construção, manutenção e pagamento de salários e propagandas; o terceiro modo é o editor de cenário, onde pode-se construir um cenário e definir os objetivos para vencê-lo. Recomendo iniciar o jogo pelo tutorial, que explica a interface do ambiente in-game e como construir um parque de diversões e manter os visitantes felizes.

Existe ainda um modo bônus: todo mês a Texel Raptor promove concursos de brinquedos feitos pela comunidade da Steam, com algumas regras a serem estipuladas. No mês de Fevereiro de 2019 o concurso é construir uma montanha russa estilo Stand-up, usando apenas elementos de cenários genéricos ao invés de temáticos com $ 16.000,00 em recursos no jogo. O brinquedo mais votado pela comunidade vence o concurso deste mês.

Eis o brinquedo que eu fiz na participação do concurso em Janeiro de 2019.

Destaco nesse jogo que tem o conceito de que existe a infraestrutura por trás do parque, como coleta de lixo, distribuição de comida e souvernis e funcionários que trabalham nela. O interessante é que toda a logística precisa ser ocultada, pois nesse jogo os visitantes não gostam de ver funcionários carregando caixas no meio do parque para entregar os refrigerantes na loja de bedidas, por exemplo: é necessário construir um sistema de caminhos e sistema de distribuição por dutos que fica “trás dos bastidores” e ocultar toda essa estrutura com os elementos de cenário. O jogo possui um elemento que permite mostrar, em cores, se o visual está agradando os visitantes ou não, desde a cor verde, onde o pessoal está imerso no tema no parque de diversos e até vermelho, onde está muito visível para os visitantes o trabalho da logística.

Imagem com a interface do jogo, nota-se na esquerda uma praça onde há vários quiosques para venda de comidas, bebidas e souvenirs e, no lado direito, bem escondido por árvores, a logística que faz a coleta de lixo e a distribuição de itens para as lojas. Bem no canto eu construí um centro de repouso para os funcionários.

A customização de diversos brinquedos e elementos é muito versátil, de forma que é possível construir elementos e cenários bem criativos, e não exige muito trabalho do jogador, todo o processo é simples e os sprites do jogo são maleáveis a ponto de permitir serem rotacionados e sobrepostos um ao outro, de forma que pode-se criar elementos novos e interessantes.

Perceba que a sobreposição de sprites, que fornece uma amplitude maior de construir cenários criativos, também permite que o visitante atravesse a parede com parte do seu corpo. É um dos poucos defeitos que encontrei nesse jogo.

Com uma base de fãs de simuladores de parque de diversões, Parkitect tem tudo para conquistar seu espaço na comunidade gamer, é bastante divertido, bonito, bastante customizável e com defeitos nem tanto relevantes. Para quem sentia falta dos simuladores isométricos, esse jogo veio matar a saudade de quem queria algo novo neste estilo.

The Good

  • Gráficos muito bonitos
  • Jogo leve, exige pouco do PC para rodar
  • Customização ampla e fácil
  • Diversão e jogabilidade garantidas

The Bad

  • Dependendo do cenário, pode-se ver partes dos visitantes nas paredes ou teto dos cenários
9

Written by: Johnny Fernandes

Jogo videogame desde os anos 80, fã do estilo FPS, simuladores e estratégia. Também gosto de StarWars e de uma boa história. Defendo que games devem possuir valor de inclusão social e que todos possam se divertir.

No comments yet.

Deixe uma resposta

STEAMBRASIL

O Steam Brasil é um portal onde você poderá acompanhar reviews, dicas, promoções de jogos, as novidades sobre a steam, participar de sorteios e até saber quando tem algum jogo de graça! Venha fazer parte da nossa comunidade no facebook e fique por dentro de tudo!

Tweets

Como colocar artes não animadas no perfil Steam https://t.co/ba7K118moy
FLY FLY TANK – FREE https://t.co/C4IzQqgi5S
Summer Sale – Conheça as novidades que vieram junto com esta sale https://t.co/GdUwMt9rMG
Cartas da Sumer Sale disponíveis https://t.co/BcY2SQfhwv

Instagram

Please check your feed, the data was entered incorrectly.