Review – Enter the Gungeon

Imagine um Hack’n Slash pixelizado, frenético, com boss diferentes por nível, que vai ficando cada vez mais difícil com o passar das fases, que exige reflexo rápido e extremamente divertido: Enter the Gungeon traz a história de uma “Gungeon”, ou balabirinto (na tradução para o português), que se esconde a arma que “mata” o passado.

O cenário é muito bem feito, quase todos os elementos interagem com as reações das lutas, de forma que você consegue deixar uma bagunça para trás, incluindo viradas de mesa para se proteger dos ataques, para isso o jogo fornece uma vasta relação de armas, desde pistolas até alguns absurdos; como a munição de escopeta que atira escopetas, armas de arco iris e por aí vai, lembrando que as armas e itens devem ser encontradas durante a partida e quase todas têm munição finita, exceto as armas primárias de um dos personagens.
Durante a evolução do jogo, você desbloqueia NPCs, que podem desbloquear itens para serem encontrados no balabirinto a um certo preço, outros que fornecem recompensas por matar certas quantidades de monstros, te envolvem em jogos de tiro ao alvo e muito mais; inicialmente você terá apenas acesso ao vendedor que disponibiliza alguns itens à venda e que tem uma lojinha em cada nível do jogo.

Uma dica: não deixe o vendedor da imagem acima bravo.

Com o passar das fases, novos inimigos aparecem e desafios aleatórios podem aparecer para o jogador, com garantia de boas recompensas no final. A aleatoriedade dos eventos do jogo é muito grande e divertida, você consegue passar horas jogando sem se enjoar. A dificuldade do jogo é alta, pois a quantidade de tiros e a dificuldade dos inimigos só tende a aumentar, isso se você não deparar com um monstro de granada ou dinamite que se joga para explodir em cima de você no meio do tiroteio. Esse jogo é feito para gamers hardcore que adoram jogos difíceis.

Os chefes de fases são aleatórios, difíceis e também apelam para o humor em inúmeros momentos.

O título está disponível em português brasileiro, aliás muito bem traduzido. O preço é justo e fica atraente em épocas de promoções. Muitos jogadores irão gostar desse jogo, sem sombra de dúvidas. O que ele tem de “apelão”, tem também em diversão.

                                                                         

Written by: Johnny Fernandes

Jogo videogame desde os anos 80, fã do estilo FPS, simuladores e estratégia. Também gosto de StarWars e de uma boa história. Defendo que games devem possuir valor de inclusão social e que todos possam se divertir.

No comments yet.

Deixe uma resposta

STEAMBRASIL

O Steam Brasil é um portal onde você poderá acompanhar reviews, dicas, promoções de jogos, as novidades sobre a steam, participar de sorteios e até saber quando tem algum jogo de graça! Venha fazer parte da nossa comunidade no facebook e fique por dentro de tudo!

Tweets

Como colocar artes não animadas no perfil Steam https://t.co/ba7K118moy
FLY FLY TANK – FREE https://t.co/C4IzQqgi5S
Summer Sale – Conheça as novidades que vieram junto com esta sale https://t.co/GdUwMt9rMG
Cartas da Sumer Sale disponíveis https://t.co/BcY2SQfhwv

Instagram

Please check your feed, the data was entered incorrectly.